quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Encontro de Liderança 2016 – Poxoréu – MT


Relatório

Presentes

1.    Missionário Isaias da Silva Almeida e                                 Campo Grande – MS.

2.    Missionária Rosangela Lins Almeida.                                   Campo Grande – MS.

3.    Missionário Paulo César Moraes e                                        Rondonópolis – MT.

4.    Missionária Marinalva Medeiros de Moraes.                        Rondonópolis – MT.

5.    Missionário Ademar Soares de Lima e                                  Tangará da Serra – MT.

6.    Missionária Elizabeti Soares de Lima.                                   Tangará da Serra – MT

7.    Pr. Nanao Yamamoto e                                                           Campo Grande – MS.

8.    Reni Yamamoto.                                                                     Campo Grande – MS.

9.    Pr. Sebastião Melo e                                                               Rondonópolis – MT.

11.   Ivanilci Melo.                                                                        Rondonópolis – MT.
           
            12.       Pr. Jucelino  Alves de Jesus      e                                          Rondonópolis – MT.

13.   Milka Oliveira Alves                                                           Rondonópolis – MT.

14.   Pr. Ivon Pereira da Silva e                                                    Cuiabá – MT.

15. Joneide Montezuma.                                                             Cuiabá – MT.

16.   Pr. João Rita Pereira da Silva.                                              Jaciara – MT.

17.   Pr. Edmir Almeida Cordeiro.                                                Corumbá – MS.

18.    Diácono Altivo Melo e                                                         Rondonópolis – MT.

19.   Mathilde Paulo Melo                                                            Rondonópolis – MT.

20.   Diácono Jair da Costa Lomeu  e                                           Rondonópolis – MT.

21.   Márcia dos Santos  Medeiros Lomeu                                    Rondonópolis – MT.

22.   Diácono José Edilson Ribeiro dos Santos                            Nova Olímpia – MT.

23.   Míriam da Silva Nascimento                                                Nova Olímpia – MT.

24.  Juraci Araujo de Freitas e                                                     Nova Brasilandia – MT.

25.   Maria Freitas                                                                         Nova Brasilandia – MT.

26.  Bertolino Pereira Pardin                                                        Nova Brasilandia – MT.

27.  Valmi Resplande e                                                                Primavera do Leste – MT.

28.   Emirene Resplande.                                                              Primavera do Leste – MT.

29.   Ir. Dorisvaldo  Pereira de Andrade                                      Jaciara – MT.

30.   Ir. José Carlos da Silva Rodrigues                                        Poxoréu – MT.

31.  Ir. Dario Fabian Neto Cisneiros.                                           Campo Grande – MS.







Iniciando a reunião de liderança houve um tempo de oração uns pelos outros e pela saúde de vários irmãos. Em seguida o missionário Isaias leu, comentou e incentivou os irmãos com a passagem de Fp. 4.1-8. Na continuação pediu que a missionária Rosangela lesse a ata do encontro anterior e encerrou assim o primeiro dia de reunião.
No dia seguinte houve a ceia do Senhor e então o missionário Isaias deu início a pauta do Encontro propriamente dito. Passou a palavra ao Pr. Edmir Almeida Cordeiro, da igreja do Portal da Fé, o qual convidou e consultou os irmãos sobre a possibilidade de que o Encontro de Lideranças 2017 seja feito no Portal da Fé, em Corumbá. Os irmãos aceitaram e marcou-se a data de 02 a 05, de novembro de 2017, quinta feira a domingo.
O Pr. Edimir também falou sobre o trabalho do Senhor na Chácara Portal da Fé e disse que esse ano estão trabalhando de maneira diferente com as crianças. Ele propôs que cada casal de irmãos ficasse responsável por visitar a família de uma criança que frequenta o Portal, para saber como estão as crianças, quais as suas necessidades, aproximar da família, ganhá-los para Cristo. Também colocou que tem observado que com relação ao discipulado, aquele que tem sido discipulado de forma individual, esse tem permanecido firme. É o discipulado que dá mais resultado. Por esse razão decidiram fazer essa visitação nos lares das crianças.


   

 Com relação ao trabalho dos jovens também ao participar junto com eles percebeu era necessário haver uma mudança. Todas as quintas, durante um mês, resolveram fazer reunião na casa de um jovem, seja convertido ou não. Nessa reunião são os jovens mesmos que dirigem, tornam a meditar na palavra que foi dada no domingo na Escola Dominical, louvam, fazem quebra gelo e tem um dos jovens que funciona como secretário, anotando tudo o que ocorre naquela reunião, bem como ele é responsável para chegar mais cedo na casa em será feita a reunião para deixar tudo arrumado e também escalar duas famílias para levar lanche.


A irmã Rosangela Almeida expressou a preocupação de que o livreto Fazei Discípulo tem se transformado em  curso de Batismo, fugindo do objetivo para o qual ele foi elaborado que é realmente fazer o discipulado individual. Ir. Reni Yamamoto expressou a concordância e o mesmo sentir. O irmão Fabian Cisneiros contou a sua experiência e da sua esposa com o evangelismo e discipulado de crianças que tem dado muito bom resultado. Eles trabalham com uma média de 15 crianças. Eles fizeram discipulado com as crianças e isso foi positivo. Fortaleceu a fé delas e criou vínculo entre eles. Contou a experiência de uma criança que pediu para passar o ano novo com eles, porque a sua família iria viajar e comemorar com bebida e outras coisas. Com isso, devidamente autorizadas pelos responsáveis, eles hospedaram algumas crianças e as levaram na confraternização de final de ano na igreja. Que eles não querem faltar os cultos e querem ir sempre na casa dele. Disse que às vezes é cansativo, mas que dá satisfação e alegria. Pediu oração pelo trabalho da Vila Kellen, pelos irmãos dali que tem um espírito voluntário para ajudar, pelos pastores Nilmar e Peter e pelo trabalho entre as crianças.


Pr. Ivon Pereira da Silva também colocou o outro lado do discipulado, ou seja, quando apesar de todo o esforço e de todo ensino, por razões diversas, a pessoa discipulada desiste de seguir a Cristo ou vai para outra congregação.




               RESPOSTA A IGREJA DE ARAÇATUBA
O missionário Isaias colocou os líderes presentes a par da situação da igreja de Araçatuba, especialmente com relação a consulta do irmão Marco Aurélio, sobre o seu desejo de ser reconhecido como Pastor daquela igreja, visto que ele se preparou no instituto bíblico e foi ungido como pastor em outra denominação. Os irmãos presentes após ouvirem a colocação expressaram suas opiniões e não tiveram liberdade de aceitá-lo como pastor da igreja de Araçatuba, aconselhando que se ele deseja servir ao Senhor tem toda a liberdade de se reunir ali como irmão.
 


ESTATUTO DAS IGREJAS NEOTESTAMENTÁRIAS 
O irmão Isaias perguntou aos presentes como estava a situação das igrejas com relação a esse assunto, deu orientações e estimulou os irmãos a regularizarem o estatuto. Houve perguntas e trocas de informações.


RETIRO DE ORAÇÃO 
O Pr. Nanao Yamamoto perguntou aos representantes das igrejas locais se alguma delas já havia feito Retiro de Oração. Nenhum deles teve essa experiência. O que as igrejas fazem é Vigília de Oração. Então ele expressou que o Retiro de Oração é nada mais que retirar-se para orar. Na Planalto isso já é feito há muitos anos. Esse ano já foi feito duas vezes e os irmãos pediram que ano que vem tivesse pelo menos mais um, ou seja, seriam três retiros de Oração ao ano.
Ele perguntou: É bíblico     O Senhor Jesus Fez
O ideal é que a igreja se retire para um lugar aparte. Que se distancie das suas preocupações e coloque as suas ansiedades, lutas diante do Senhor. Mas, pode ser feito na própria igreja.



Mostrou a programação do Retiro de Oração desse ano. Primeiramente são colocados os motivos de oração.  Neste ano ele começou lendo 2 Cr. 7:14 e Sl. 139:23,24, Sl. 51:10,12, 17, Is. 57:15. Mostrando que é necessário um quebrantamento, primeiramente nós, auto exame, confissão, pedir perdão e perdoar,  Tg. 5:16, Cl.3:13. Nesse ponto estimulou os casais a orarem juntos.  Depois orou-se pelo avivamento espiritual da igreja. Depois há  um tempo de oração sobre o evangelismo.  No outro período ora-se pelos filhos que estão afastados, Lm. 2: 19, Pv24:11, salientou que essa missão é dos pais.  Há também oração pelos filhos dos crentes. Disse que às vezes os pais estão tão envolvidos na obra do Senhor, que não tem tempo para os filhos. Oração pela Missão, pela expansão dela, pelos missionários. Necessidade de se incutir nos jovens, nos irmãos, o amor pela sua igreja e pela missão.Neste retiro são dadas algumas orientações tais como: fazer orações objetivas e evitar orações longas.

CRITÉRIO PARA OS DIÁCONOS USAR O DINHEIRO DA IGREJA – QUAL VALOR AUTORIZADO.
Introduzindo este tema o Pr. Ivon Pereira da Silva, disse que como líder você deve:
1.    Tomar cuidado com o que fala.
2.    Entender as motivações pessoais.
3.    Pensar no futuro.
4.    Reconhecer as boas atitudes.
5.    Apresentar soluções.
6.    Encorajar soluções criativas.
 Disse que aprendeu que quando você tem algo fazer, deve esmerar-se por fazê-lo. Deu também o seu testemunho de quando era menino aqui em Poxoreu, da sua mudança para Cuiabá e seu posterior emprego na Acarmat, atual EMPAER. Em seguida, expôs de forma clara e transparente as suas preocupações com relação ao tema proposto acima. Ele entende que o dinheiro da igreja não é para ficar no caixa, é para ser bem utilizado. O diácono tem que ter cuidado nesse ponto. Disse que, na prática, tem percebido que muitos irmãos querem ajudar de forma específica. Por exemplo, quando há uma necessidade aterro, pintura, banheiro, etc, os irmãos ofertam diretamente para esse fim.
Lançou então a pergunta: Qual é o limite que o diácono pode gastar administrar sem consultar os presbíteros.
Houve um consenso entre os líderes que foi  corroborado pelos missionários presentes que o diácono e os demais irmãos devem estar sob a autoridade dos presbíteros em relação às decisões a serem tomadas. O missionário Paulo César de Moraes disse que isto está bem claro em Atos 6, especialmente o versículo 3, por ocasião da escolha dos diáconos, a igreja escolheu os diáconos ( escolhei dentre vós), contudo, estes estariam sob a coordenação dos presbíteros (os quais encarregaremos). Os diáconos não podem decidir sobre as questões financeiras sem consultar os presbíteros, a não ser em despesas fixas como é o caso água, luz e despesas de material de consumo. O missionário Isaias sugeriu  estipular um valor mínimo para o gasto dos diáconos e fazer constar em ata, registrada em cartório. Disse ainda que a liderança deve sentar e conversar sobre as prioridades. Que às vezes, para o bem estar da igreja devemos ceder em algumas coisas.
Em caso de haver dificuldade na igreja com relação ao relacionamento ou nas questões financeiras o Pr. Jucelino Alves de Jesus sugeriu que os presbíteros e diáconos e até mesmo a igreja toda se reunisse para jejuar e orar e buscar a solução no Senhor.
RECURSOS PARA TRABALHAR COM CRIANÇAS
O Pr. Ivon disse: Trabalhar com crianças é um desafio para mim, eu sempre trabalhei com jovens, desde que não era crente. Montei um time de futebol, o Canarinho. Tenho acompanhado o trabalho do Pr. Edmir Cordeiro de Almeida e de outros irmãos que trabalham com crianças e isso tem me chamado atenção. Conversei com a irmã Rosangela sobre isso. Ela me deu vários livros da APEC e eu estou lendo. Convidei a irmã Edilene e a irmã Raquel para uma reunião com os professores de Cuiabá. Fizemos um trabalho no Jardim Vila Rica e vieram muitos pais. Foi uma festa linda, mas faltou algo mais com relação a parte espiritual. Quero trabalhar com crianças, mas não sei como. Creio que devemos investir nesse trabalho.
O Pr. Edmir falou da sua experiência nessa área, das vitórias e lutas.


A irmã Rosangela expressou sua alegria em ver os líderes preocupados e interessados no trabalho de crianças. Disse que tem visto o crescimento dos professores e se colocou à disposição dos irmãos para ajudar na capacitação e treinamento. Mais tarde, o missionário Isaias Almeida reafirmou o mesmo que sua esposa em relação a formação de professores nas igrejas.

CONSIDERAÇÕES FINAIS
O Pr. Nanao Yamamoto citou o Pr. Délcio Vesenick dizendo que pastor não gera ovelhas. Ovelha que gera ovelha. Que é importante que os pastores ensinem e incentivem as ovelhas a ganhar almas. Que sendo assim essa pessoa jamais se esquecerá, nem se desviará.
O Pr. João Rita, de Jaciara, contou várias experiências de verdadeira conversão, tanto de crianças, como adolescentes e adultos. Dizendo que vale a pena o trabalho.
Ir. Milka, de Rondonópolis, também cita o trabalho não só entre crianças como entre adolescentes e jovens os quais também precisam ser atendidos e acompanhados.


Às 20 horas dos dias 13 e 14, ministraram uma palavra de edificação aos irmãos o Pr. Edmir Almeida Cordeiro (sobre a Fé) e o missionário Ademar Soares de Lima, Comunicação entre amigos.
Paralelo ao 42 Encontro foram realizados vários trabalhos materiais nos intervalos:
1.       Sob a coordenação do Pr. Ivon Pereira da Silva foram confeccionados 71 beliches, com a ajuda profissional  do diácono José Edilson Ribeiro dos Santos,  e outros voluntários.



2.       Sob a supervisão do irmão Valmi Resplande outros irmãos foram arrumar o campo de futebol.




  






3.       Por iniciativa do Pr. Nanao, com ajuda de vários irmãos, foram serrados os pés das mesas do refeitório, deixando-as no tamanho adequado.


BATISMO
No dia 15 de novembro às 10 horas da manhã com a presença dos irmãos de Primavera do Leste foram batizados os irmãos Eloi Minuci Júnior (23) e sua irmã  Letícia Menuci(21).









 Os dois filhos de Eloi e Jéssica Minuci
 O Pr. Sebastião Melo trouxe uma mensagem para o os dois do significado do batismo e o missionário Paulo César realizou o batismo dos jovens.


 CONCLUSÃO
O missionário Isaias concluiu o Encontro lendo a passagem de Fp. 4.1-8 e incentivou os irmãos a não se desanimar, a prosseguir, a ganhar almas para Cristo e formar novos líderes. Reiterou ainda a disposição dele e da sua esposa em ajudar as igrejas na capacitação dos professores nas igrejas.

8 comentários:

Ivon Pereira da Silva disse...

Os Encontros de Cooperadores, são oportunidade de fortalecimento e orientação espiritual e material no bom andamento dos trabalhos das igrejas e auxilia em muito as decisões dos missionários. tenho aprendido muito nestes Encontros e espero que sempre que houver estar presente. Não podemos deixar de reconhecer o empenho e dedicação dos missionários em apoiar as igrejas locais, pois suas orientações esclarece e apoia as ações da irmandade.

Izaias Resplandes disse...

As lideranças da Igreja devem se reunir sempre para compartilhar de temas públicos, mas também de intimidades. O líder também tem problemas e necessidades, mas nem sempre pode expô-las a todos os irmãos, porque nem todos estão prontos para ouvir tudo. No encontro se reúnem os que estão em maior grau de prontidão e em melhores condições de ouvir, compreender e ajudar no que for possível. Louvado seja Deus que sempre abençoou os Encontros das lideranças neotestamentárias.

Noemi piris jara disse...

Deus abençõe os irmãos missionarios...que bom saber dessa maravillosa obra...e como o Senhor responde...trazendo almas para o seu reino...gloria a Deus!

Zigomar disse...

Que bom ver a igreja do Senhor se reunir! Oh!como é bom e agradável viverem unidos os irmãos! Louvado seja o Senhor pelas vidas dos irmãos Junior e Letícia! Tive a oportunidade de estar no dia da decisão que eles tomaram de se entregarem ao Senhor em Primavera do Leste!

RICARDO MANUEL LOPEZ disse...

Muy interesante el encuentro!! Resulta alentador saber cómo están trabajando en las congregaciones en relación a los niños, jóvenes y en cuanto al discipulado!!. Aprovecho la oportunidad para pedir oración por la obra del Señor en Bernardo de Irigoyen Argentina.Frontera seca con Dionisio Cerqueira Brasil

josiane abecassis disse...

É realmente importante reunir os líderes para uma mesa redonda, uma boa conversa a se tirar dúvidas e esclarecer pontos comuns entre as Igrejas, decisões importantes saem dessas reuniões!

Noemi piris jara disse...

Que benção...é muito importante aprender essa tecnicas de aprendizado...para ensinar...eu quero aprender oportunamente...

Noemi piris jara disse...

Que benção...é muito importante aprender essas tecnicas de aprendizado...para ensinar...eu quero aprender oportunamente...