segunda-feira, 2 de julho de 2012

Primeiro Encontro de Casais da igreja Evangélica Neotestamentária de Cuiabá – em Santa Laura.

Marco Antonio                 Leonildo (Diácono)



No dia 23 de junho de 2012, às 20 horas, teve inicio o Primeiro Encontro de Casais da igreja evangélica Neotestamentária no bairro Santa Laura. A abertura realizada pelo irmão Emerson da Silva (casado com Alessandra, pai de Suzana e Lucas), que agradeceu a presença de todos pela participação neste evento feito com objetivo de instruir a vida familiar nos princípios estabelecidos por Deus para a felicidade conjugal. O dirigente recitou o Salmo 150, Hebreus 13:4 (Venerado seja entre todos o matrimonio e o leito sem mácula). Foi projetado um vídeo, com mensagem sobre a vida conjugal, e uma série de votos da maioria dos casais presente com duração de aproximadamente 7 minutos, em seguida cantamos o Hino 217 – O adorno desta vida.

A primeira mensagem foi trazida pelo o irmão Edwilson Miranda (Casado com a irmã Benilce, pai de Brennda Cristy, Ederwilson - este casado com Danielle, que esta nos primeiros meses de gestação) com o tema Casei, e agora? – Gen. 2:7, 18 a 25. O irmão mostrou no seu estudo as dúvidas, o desejo de ambos serem felizes, mostrando um slide onde a cabeça do homem é cheias de caixinhas e cada uma representa uma preocupação cotidiana, onde a mudanças de uma caixa para outra é instantânea, pois, o homem separa cada uma das preocupações. O homem é 100% racional. Já a mulher é emotiva e auditiva, dotada de uma capacidade lógica nas suas atividades diária cuja cabeça é comparada a fios formando uma rede onde estão interligadas suas preocupações com família, finanças, sexo e casa, de forma simultânea,  podendo até causar um “curto-circuito”. O irmão considera que o erro na vida conjugal é fruto da falta de conhecimento de um em relação ao outro, pois, falar a mesma língua é fundamental na consolidação da vida do casal (Gen. 11: 6 a 9 - Torre de Babel; Prov. 15:1), e o envolvimento com as más companhias, pois estas tem destruído muitas famílias, cujas influências de pessoas de má índole tem levado ou levará o casal ou o jovem a adotarem suas práticas pecaminosas (1° Cor 15; 33; Ef. 4:29 – 5: 6,7; Rom 13:12). Na Jornada da vida o casal precisa parar para ajustar constantemente os desajustes ocorridos, revendo conceitos e aprimorando-se cada vez mais, para alcançar uma vida de plena felicidade orientada por Deus.

Edwilson Miranda e sua esposa Benilce de oliveira

Na segunda reunião da noite, o irmão Roberto Carvalho foi o dirigente (Casado com a irmã Eudilene, dois filhos: Silas Roberto e Dayane). No início da reunião Silas Roberto e sua namorada Thaís da igreja de Barão de Melgaço cantaram uma linda canção homenageando os presentes.

O ensinador, irmão Presbítero Odenil Miranda (Casado com a irmã Líllia, dois filhos: Lucas e Davi, estes da Igreja de Cuiabá Bosque da Saúde), fundamentou sua palestra nos pilares: Comunicação, Moderação e Oração, ferramentas indispensáveis na vida familiar(Gen. 2:18; Amós 3:3; Lucas 13:27). Foi destacado a importância da comunicação entre os casais evitando o atrito que impede a harmonia (Prov. 18:13; 19:2; Thiago 1:19), ressaltando também que a falta de saber ouvir desgasta a união, é enfatizando a importância de aprender a ouvir construindo assim um comportamento longânimo e paciente, sabendo a hora certa de falar, usando palavras claras evitando o silêncio como resposta negativa. Mostrou a importância de se ter bons conselheiros, para ter uma vida moderada pelo exercício da leitura e meditação na palavra de Deus. A Oração é a principal ferramenta a que o casal deve manter em uso constante, pois esta produz todos os benefícios que a vida conjugal necessita para atravessar os momentos de turbulência familiar (Col. 4:2, 6). O casal tem que falar a Deus todas as suas dificuldades, e no Seu tempo Ele responderá produzindo harmonia e paz no lar.

Odenil Miranda e em  primeiro plano sua esposa Lillia Toledo
                                       Presbitero

No dia 25, o dirigente da 3ª reunião foi o Presbítero Antônio Júlio, e iniciou os trabalhos com o Hino 476, e em seguida o estudo foi ministrado pelo Presbítero Ivon Pereira da Silva (casado com a irmã Joneide Montezuma, pai de cinco filhos e duas netas) da igreja de Cuiabá – Bosque da Saúde. O irmão Ivon Silva fez uma apresentação em Power Pointe,  mostrando a importância de os irmãos adentrar nos lares dos membros das igrejas de Cuiabá (Bosque, Cuiabá – Santa Laura) e Várzea Grande (Jardim Vila Rica), através da oração, não tendo apenas seus familiares em oração, mas, orar por todos os membros de todas as famílias, desde a gestante até o filho adulto, sendo por todos conhecidos e suas orações em favor de cada membro citado individualmente e não, de forma resumida, orar citando “a família de Ivon e Joneide e seus filhos”, mas, de forma completa orar por “Leonildo e Edecleya, seus filhos Victor e Samuel”, pois assim construiremos uma unidade consolidada pela interseção de todos orando por todos.

             Ivon Pereira da Silva  e   sua esposa   Joneide Montezuma
                                                  Presbitero

Na última reunião do encontro o ensinador o irmão Roberto Carvalho, destacou o tema “Caminhando Juntos”, mostrando que vivemos um mundo com conceito vulgar em relação à instituição mais santa que Deus criou: a família. Ouvimos a frase “vou casar, se não der certo, caso com outra” (Gen. 2:24; Salmo 41:1), requer mais que uma declaração de amor. Três coisas são essenciais para o casamento ser apreciado por Deus: Unir, Deixar e Uma só carne. Reconhecer o papel das esposas como mãe, auxiliadora, amiga e tratá-las com dignidade, respeito, consideração, fortalece a união por todo tempo. Caso contrário lá fora alguém poderá reconhecê-la, e aí o inimigo reinará de maneira destruidora. A mulher para o homem foi um presente, e ensinou como o homem deveria tratá-la, amando-a, e se assim o fizer ambos serão felizes, guardando de tratar mal com palavras torpes, pois, a mulher guardar no coração os maus tratos a ela dirigida(I Ped. 3:7), e o marido precisa ter especial relação com a esposa com entendimento e discernimento na área sexual. A estrutura familiar deve ser consolidado no dia a dia (Ef. 5:22, 23). O irmão mostrou preocupação com a harmonia familiar para evitar separação trágica em especial para os filhos (Mat.19:6), exemplificando com duas folhas de papel coladas que, se o casal desejar separar, o resultado é desastroso.

 Roberto Carvalho  e  sua  Esposa  Eudilene Tomáz

No final da reunião houve sorteio de brindes entre a irmandade, o almoço foi servido a todos e o clima era de harmonia e felicidade, deixando saudades e criando expectativa para outra oportunidade.

video

Por Ivon Pereira da Silva
              Presbítero


4 comentários:

www.umnt.blospot.com disse...

Parabéns aos casais que participaram deste evento e que Deus abençoe cada família! Que esses irmãos ensinadores sejam usados sempre por Deus para edificação do povo Dele.

Zigomar disse...

Parabéns aos irmãos que participaram desse maravilhoso evento. Que deus abençoe cada família e esses ensinadores, para que sejam cada vez mais usados por deus, para Sua Glória e Honra!

Isa2 e Rô disse...

Muito bom! Parabéns! ficamos felizes com a iniciativa da igreja e a participação dos líderes locais.
Deus seja Louvado!

Prof. Izaias Resplandes disse...

Parabéns aos irmãos pela organização desse encontro. Os temas das reflexões foram ótimos e certamente muito enriquecedores. Que Deus abençoe para que aquilo que foi aprendido se torne uma base prática na vida de cada um e assim haja mais harmonia e espiritualidade no seio da Igreja. Se falhamos ou não no passado, isso agora não importa mais. "Esquecendo das coisas que para trás ficam, prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação em Cristo Jesus, Nosso Senhor".
Abraços a todos. Saudades!