segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Acampamento de Jovens e Adolescentes - La Choza, Posadas, Misiones, Argentina

Prezados irmãos,

“Mirad pues, com diligencia, como andéis, no como nescios, sino como sábios”. Efesios 5:15


Esse foi o versículo tema do Acampamento de Jovens e Adolescentes em La Choza, Posadas, Missiones, Argentina. Uma brasileira invadiu a Argentina para estar em comunhão com os irmãos daquele país, tão amados, que sempre nos visitam. E como foi lindo! Sobre a experiência, se algum jovem ou adulto desejar saber, pode me encontrar nas redes sociais, que compartilho com vocês, mas, em resumo, me encanta como o amor de Deus é tão incrível que rompe as barreiras entre países, porque pude compartilhar do mesmo amor e sentimento de sempre, como uma única família, unida pelo sangue de Cristo Jesus, nosso Senhor. Nos divertimos muito, em diversas atividades, muuuuito tereré (eu disse muito! hahaha), jogos de vôlei, futebol, ping-pong, conversas, risadas, orações.


O acampamento aconteceu nos dias 18 a 24 de janeiro, em um local maravilhoso que existe em Posadas, que segundo o irmão José Maria Iturriaga, pertence à UMNT há mais de 100 anos. Possui um salão para reuniões, um refeitório, dormitórios com banheiros para homens e mulheres, e muito espaço verde, com sombra, para passarmos as horas vagas. Estão em construção um novo espaço para reuniões e um espaço para eventos maiores, e mais dormitórios. Muito aconchegante, há neste local janelas que datam das primeiras construções, em madeira pura. Se tiverem oportunidade, contatem a Mis. Yuyi, e façam uma visita, é um belíssimo lugar. E com vista para o Rio Paraná e sua imensidão, paisagem “re linda”.



Muito me admirou a educação e respeito dos jovens pelos irmãos, não houve qualquer contratempo, pelo contrário, muitos momentos alegres e inesquecíveis. Claro que, incluo aqui, todos os estudos e lições que aprendemos nestes dias. Neste ponto, pude contar com a ajuda do jovem e grande amigo, Santiago Zamudio, filho do pastor Mario Zamudio, da Igreja Evangélica Neotestamentária de Rocamora, localizada em Posadas, que compartilhou comigo suas anotações para que eu pudesse aprender melhor e também poder transmitir aos irmãos o que aprendemos. Tivemos estudos com os irmãos Mario Zamudio, Samuel Lopez, Anibal Bueno, José Maria Iturriaga e Beto Cabrera.

O pastor Mario trouxe estudo sobre a Arca da Aliança, mencionada em Êxodo 25 e 37, e nos ensinou que Deus mandou que fosse feita uma arca com todas as indicações especificadas, que seria usada para manifestação de Deus ao povo e a Moisés. O sumo sacerdote entrava uma vez ao ano no lugar santíssimo onde se encontrava a arca. Os querubins eram os que guardavam e protegiam a santidade de Deus. Nos recorda que a arca da aliança aparece na eternidade, que dentro da arca se encontravam a vara de Arão, o maná e as tábuas da aliança, (Hebreus 9:4). Falou sobre a construção do templo por Salomão, e nos ensinou que ele, além de construir o templo, construiu um lugar que estava fora da visão dos homens (mostrou-nos imagens, explicando). O sumo sacerdote entrava todos os anos, uma vez, e oferecia sangue para expiar suas culpas e as do povo. Mas Cristo Jesus, uma vez, se sacrificou por cada um de nós, por amor a nós, uma vez e para sempre. Nos ensina que não devemos desconsiderar as coisas de Deus, porque vai chegar o momento que vamos estar diante do Senhor para prestar contas de nossas ações. Não desconsideremos o sacrifício do Senhor Jesus Cristo.

O irmão Samuel trouxe dois temas. Um deles foi sobre “Ter entendimento”, se baseando no exemplo de Salomão, em I Reis 3: 6-9, no qual ele reconhece sua realidade sendo jovem e pede a Deus que lhe dê um coração entendido a julgar e discernir entre o bem e o mal. Paulo também orienta a Timóteo, em 2 Timóteo 2:7, e ora para que o Senhor lhe dê entendimento. Nos ensinou que, como filhos de Deus, temos este recurso que é o entendimento para poder discernir entre o bem e o mal (I João 5:20). Se clamarmos e pedirmos ao Senhor que nos dê entendimento, Ele nos dará entendimento. Temos que buscar a vontade de Deus para nossa vida.
O outro tema que trouxe foi sobre “Manter-se puro”. Nos ensina que muitas vezes nós queremos ser sábios em nossa própria opinião, e não fazemos caso às advertências do Senhor, e por meio do exemplo de Ester, mostrou a todos nós que vale a pena ser puro, preservar-se, estar com Deus (Ester 2: 7-9). Apesar de todos os problemas que tinha Ester, tinha a sabedoria de não cair nas tentações do inimigo. Por causa de sua obediência, o Senhor premiou a Ester. Deus nos vai abençoar se nós o obedecermos. Devemos nos manter puros para receber a recompensa prometida e todas as suas bênçãos (I Timóteo 4:12 e I Tessalonicenses 5:23).

Irmão Aníbal nos ensinou sobre “Os escolhidos”. Lemos textos em João 8:31 e 32, e 15:16. Aprendemos que seremos discípulos verdadeiros, e teremos respostas de Deus em nossas vidas, se, uma vez escolhidos, permanecermos no que temos aprendido, dermos frutos, e que nossos frutos permaneçam também. Para que o Senhor nos abençoe e nossos frutos possam permanecer devemos estar firmes em nosso pai Celestial. Às vezes o Senhor quer nos colocar a trabalhar com Ele em sua obra, mas nós o rejeitamos. Ele irá nos substituir se não cumprimos nossa missão. Necessitamos de um coração arrependido e disposto para sermos felizes. Tudo está sob o controle de Deus e nada escapa dEle (Deuteronômio 32:39). Nos ensinou que se depositamos nossa confiança no Senhor, não teremos problemas, e que devemos ler a Bíblia para entender a vontade de Deus e podermos crescer espiritualmente, com atenção, e buscando aprender de fato (Josué 1:18).

O missionário José Maria, ou somente Yuyi, apresentou estudo sobre Timóteo, e nos ensinou porque Paulo escolheu a Timóteo para dar seu último conselho antes de morrer. Apesar de Timóteo ser jovem, estar enfermo, e ser tímido de caráter (pontos negativos, por assim dizer, citados na Bíblia), Deus o escolheu por meio de Paulo (2 Timóteo 1:1-7). Ainda que sejamos jovens, não significa que devemos ser débeis, fracos, derrotados pelo maligno (I João 2:14). Timóteo foi um jovem responsável, com uma fé verdadeira e sincera e de boa conduta, por isso Paulo o escolheu. Muitas vezes Deus não escolhe o melhor do mundo, mas sim escolhe àqueles que menos se espera para que trabalhem para o Senhor (Atos 4:12-13). O Senhor transforma a vida das pessoas e as faz ser cada vez melhores e mais capacitadas para o serviço de Deus. A Bíblia também traz as coisas positivas que Timóteo tinha: uma família que o apoiava, a amizade que tinha com Paulo, por ter um dom de Deus, e por ter uma disciplina pessoal. Com respeito à amizade, devemos escolher bem nossos amigos, que sejam boas e que nos tragam boas coisas. Sobre nossos dons, devemos avivar o dom que há em nós, que está apagando. Tudo depende de cada um de nós, e da decisão que cada um tome (Tito 2:1).

E o jovem e irmão Beto Cabrera, lendo o texto de Lucas 18:18-30, com o exemplo do jovem rico, nos trouxe grande ensinamento, de que o Senhor nos conhece pessoalmente e às vezes temos que deixar algumas coisas e certos aspectos de nossa vida para servir a Deus. Para Deus nada é impossível, ele transforma as coisas impossíveis em possíveis, ainda que esteja difícil, Ele pode mudar a vida de todos nós.

Todas as tardes, tivemos estudos em grupos, com estudos no livro de Provérbios, mais especificamente no capítulo 8, em contraste com o capítulo 7. Aprendemos muitas características dos néscios e dos sábios, e fomos instruídos a deixar quaisquer marcas de néscios que estejam em nós, que não queiramos ser este tipo de pessoa, que causa mal, que cai em tentação, que se afasta de Deus. De grande proveito foram estas reuniões, pois em grupos menores se aproveita mais. No grupo em que eu estava, quando ficávamos com um pouco de sono, por não ter dormido “la ciesta”, o pastor Mário mudava o assunto, falava sobre nossas congregações locais, sobre nossas vidas, não houve momento que não fosse aproveitado (risos).


Ademais, foram dias de grande benção para nossas vidas. Comemos muito bem também, três jovens chefes de cozinha foram responsáveis por tratar-nos como reis e rainhas (risos): Johni Agüero, Fern Benitez e Lucas Benitez. Claro, com a ajuda dos irmãos maiores, mas sob vosso comando. Maravilhosos pratos argentinos! Hahah! E estivemos guiados durante todo o acampamento por vários irmãos, nos dormitórios, nos momentos de lazer. Uma coisa especial a compartilhar: os devocionais eram nos dormitórios. Ninguém faltou. E à noite fazíamos também leitura da palavra antes de dormir. Muito bem aproveitados todos os momentos. Graças a Deus por isso!
Trago de lá as forças renovadas, e muitas saudações de todos os irmãos. Glórias a Deus por suas vidas! Que Deus nos abençoe.


“Que todo lo que soy alabe al Señor, con todo mi corazón, de Tu grande amor cantaré, Tu nombre alabaré!”.


Envío saludos a todos los jovenes de Argentina, desde Brasil, ya los extraño mucho. Y los invito a veniren al Brasil para disfrutar de la comunión que Dios nos regala.  Bendiciones a todos!

Mariza Resplandes (con ayuda de Santi Zamudio)

Fotos: Vanessa Zamudio. (L)

Um comentário:

UMNT missão disse...

Boa sua participação neste evento e parabéns pela notícia.
Os irmãos argentino são excelentes amigos.