domingo, 3 de janeiro de 2016

Um relógio de oração por Ricardo

Um relógio de oração por Ricardo

Querido irmão.
É madrugada. Estou com minha esposa e filhos em Goiânia, capital de Goiás, Brasil, aguardando a realização da cirurgia de retirada de um cavernoma no mesencéfalo de meu filho Ricardo.
A cidade cochila. O silêncio, por vezes é cortado pelo barulho do movimento da cidade. Minha família dorme. Antes de se deitar, minha esposa falou-me de sua angústia com a proximidade da cirurgia. Nos confortamos e ela se recolheu. E então eu passei a ler as mensagens sobre as ações da irmandade em relação ao meu filho.
Quantas manifestações bonitas. Como já disse em outro momento, sempre pensamos que éramos queridos. Agora estamos comprovando isso na prática.
Tudo que li mexe com nossas emoções. Mas, em especial, o que mais nos conforta é o fato de saber que daqui até o dia da cirurgia, o tempo todo, haverá alguém implorando a misericórdia de Deus em favor de nossas necessidades.
A irmandade está orando sem cessar. Um relógio com compromisso de oração foi montado. E a cada uma das 24 horas do dia haverá alguém clamando pela misericórdia divina.
Que Deus receba os clamores de seu povo como louvor à sua graça gloriosa e incomparável de amor por nós.
O que dizer, Senhor?  O Senhor mandou que chorássemos com os que choram e os teus filhos estão fazendo o que o Senhor mandou. Eles estão chorando por nós.
Nós clamamos por vossa misericórdia!
Misericórdia, Senhor!  Misericórdia!
Que essa cirurgia dê certo; que o Senhor possa suprir as nossas necessidades para realizá-la e que sejam vossas as mãos que conduzirão essa operação.
Lá fora caía uma chuva forte, mas mansa. Agora afinou. Uma chuva de bênçãos.  Chuva boa para molhar a terra e fazê-la produzir. Ao perceber isso, me aproprio do ensinamento divino em
Isaías 55. 10-11: Porque, assim como a chuva e a neve descem dos céus e para lá não tornam, mas regam a terra, e a fazem produzir e brotar, para que dê semente ao semeador, e pão ao que come, assim será a palavra que sair da minha boca: ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei.
Se Deus falasse da chuva e dos seus benefícios, mas não a mandasse para cumprir sua missão, sua palavra seria sem serventia.
Assim também é com o amor.
Há muitas faces para o amor. Mas há uma grande diferença entre os diversos amores e o verdadeiro amor.
O amor que só resulta em falas, o amor de garganta, é um amor enganoso.
São João, recebendo a inspiração divina deixou-nos a seguinte mensagem:
1 João: 3. 18. Filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obras e em verdade.
Todos nós viemos ao mundo para cumprir uma missão de amor verdadeiro.
O apóstolo São Paulo fala do verdadeiro amor...
1 Coríntios: 13:4-7. O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não se ensoberbece,  não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal; não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
Esse é o verdadeiro amor, a razão de ser de nossa vida.
Eu tenho percebido e sentido diversas pessoas demonstrando seu sofrimento pela situação que enfrentamos. Quantas manifestações de angústia, de desespero, de sofrimentos reais!
Isso é amor!
Os irmãos estão orando por nós, Senhor. Não estão falando dos benefícios da oração. Eles estão orando. Eles estão doando. Eles estão fazendo.
Obrigado, Senhor, por colocar tanta gente boa em nosso caminho. Que o Senhor abençoe a cada um. E que esse amor pela necessidade do outro cresça cada vez mais.
Querido irmão...
Nós aprendemos a amar de verdade foi com Deus. Foi Ele quem nos amou, nos dando o exemplo de como amar.
O amor de Deus o fez se tornar homem de dores, homem capaz de sofrer e de sacrificar-se por aqueles a quem amava.
Assim diz João: 15:13: Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos.
O verdadeiro amor nos leva a sofrer pelo outro, a nos sacrificarmos por ele, a fazer alguma mais do que simplesmente falar.
E então, irmão...
E então, Senhor!
Nós temos sentido e visto essas verdadeiras manifestações de amor por nós, não somente em palavras,  mas também em ações. Em orações e em doações.
Cada ação de amor é recebida por nós com muito carinho.
Obrigado por sofrer conosco e por se compadecer.
Deus Pai, abençoe a cada uma dessas pessoas que estão sacrificando seu tempo e seus recursos por nós. Mantenha cada um inteiramente focado nessa direção e decisão de amor por nós.
Toda honra e glória sejam dadas a Ti Senhor!
Seja o que for.
Seja como for.
Quê seja feita a vossa vontade, Senhor.
A vossa vontade de que seu povo exale o legítimo perfume, na fragância do amor.
Seja o que seja, seja como for, seja feita a vontade do Senhor!  Amém!

3 comentários:

Unknown disse...

A igreja de ladario-MS esta orando pela cirurgia do Ricardo.

UMNT missão disse...

Como consolar você, querido irmão? Suas palavras e o testemunho da sua família são um bálsamo ao nosso coração. Obrigada pelas palavras e pelo privilégio de acompanhá-los nessa jornada. Deus continue a dar graça, força e vitória. Amamos vocês.

Anônimo disse...

Com todas as minhas falhas, que alguns, seres humanos tem, peço a Deus! Que guia, e abençoa aos médicos que vão fazer essa cirurgia, ilumine toda equipe que completam, o grupo de pessoas, que tornam possível! Ser feita com precisão, cada tarefa que Deus lhes determina, Nosso Deus está em todos os lugares. Deus os proteja.