sábado, 22 de agosto de 2009

Palestra para casais em Rondonópolis-MT

Ontem, dia 21, iniciou a Palestra para casais na Igreja Evangélica Neo Testamentária de Rondonópolis-MT. Estando presentes 17 casais e 16 que não estavam com seus pares.
O tema “Cuida do que é teu” está sendo ministrado pelo casal de missionários Isaias da Silva Almeida e Rosangela Lins Almeida, nas Igrejas do Mato Grosso.
Em Rondonópolis o casal está fechando sua turnê de palestras no dia 22.
A missionária Rosangela enfoca que a esposa deve cuidar das coisas relacionadas ao lar, do relacionamento com seu esposo e cuidar de si mesma.
Já o missionário Isaias fala para os HOMENS. O cuidado que teve ter com sua esposa, filhos e suas obrigações no lar. Enfatiza que cabe a eles a maior responsabilidade que é a de amar a sua esposa com Cristo amou a sua igreja.
Antes de iniciar propriamente o ensino, os missionários fazem uma dinâmica para saber se o marido realmente lembra de algumas datas ou coisas relacionadas a esposa. Quando eles erram, a esposa coloca na boca do esposa uma "minhoca" (de goma que é azeda e doce ao mesmo tempo). Quando o marido erra os da platéia já falam: “minhoca nele”. Lamentavelmente alguns homens ficam com a boca cheia de "minhoca".
Tem muitos homens comendo "minhoca" nesta turnê dos missionários.
Os missionários ficam ainda até o dia 23 participando na igreja e dia 24 vão a Campo Grande para cuidar das coisas concernentes a
UNIÃO MISSIONÁRIA NEOTESTAMENTÁRIA.

Participantes da Palestra no dia 21 de agosto de 2008 em Rondonópolis-MT. O casal de missionários são os primeiros (ele está com um novo corte de cabelo).

Jovem casal atentos ao que a missionária dizia:
"Cuida do que é teu"

O Diácono Altivo dos Santos e sua esposa Matilde Paulo Santos

O presbítero Jucelino Alves de Jesus e sua esposa Milca

Quando o esposo ou esposa não está presente nestas reuniões, a foto deve ser tirada
"chupando o dedo", porque seus pares não estavam ouvindo o que deveriam ouvir. A esposa do presbítero Zigomar de Oliveira, está no Ceará visitando sua mãe. Ele chupa o dedo. Que dó! Após a palestra da irmã Rosangela Lins, foi servido pela igreja um caldo de Piranha. Para quem não aprecia, tinha também caldo de frango.
cheiro verde, pimenta e um tempo agradável para o caldo.

2 comentários:

Gisela Defavari disse...

Ai, que delícia!!!
Temos que fazer um caldo desses por aqui, um dia desses... :D

Mariza disse...

Eu já provei em outra vez. Nem conto como é bom... hehe!